Plástico: a importância do uso consciente

O plástico é a matéria-prima usada para fabricar grande parte dos produtos que usamos no dia a dia, não só pela sua versatilidade, mas também pelo baixo custo de produção. A descoberta deste material foi revolucionária na medida em que tem uma elevada importância em diversos setores, como por exemplo, no da saúde e no alimentar, permitindo-nos uma melhor qualidade de vida. Apesar disto, o plástico representa uma larga fração dos resíduos sólidos que produzimos e um grave problema a nível ambiental, especificamente pelo (mau) uso que lhe damos.

Graças à longa durabilidade e baixa degradabilidade, o plástico permanece no meio ambiente por períodos de tempo muito extensos, tornando-o num dos principais resíduos poluentes por meio do uso único e do encaminhamento incorreto em fim de vida. Vejamos o caso das palhinhas de plástico ou das embalagens de fruta, que são descartadas após uma única utilização, contribuindo em larga escala para a produção deste tipo de resíduo.

Uma das grandes preocupações a nível da proteção ambiental é exatamente reduzir ao máximo a utilização de plástico de uso único, reutilizando-o o mais possível até que, em fim de vida útil, possa ser encaminhado para a reciclagem. Por este motivo, hoje vamos falar sobre sacos de plástico. Sabia que um saco de plástico pode levar até mil anos a decompor-se no meio ambiente?

Neste artigo apresentamos-lhe 6 dicas para reutilizar os sacos de plástico que tem em casa:

1 – Para fazer compras: esta é a solução mais óbvia e simples. Reutilize os seus sacos cada vez que for às compras. Além de economizar dinheiro, está a evitar que se gere mais lixo desnecessariamente.

2 – Como saco do lixo: esta solução permite reutilizar sacos ao mesmo tempo que evita a compra de outros específicos para o efeito. Não há nada como poupar dinheiro e ajudar o ambiente em simultâneo.

3 – Para apanhar os dejetos do cão: esta solução é semelhante à anterior. Em vez de adquirir sacos específicos para apanhar os dejetos do seu animal de companhia, por que não reutilizar sacos que tem em casa?

4 – Proteção para estar ajoelhado na horta/jardim: coloque um saco de plástico atado em cada joelho para evitar sujar a roupa com manchas que muitas vezes são difíceis ou impossíveis de remover. Esta opção permite que se lavem os sacos e se reutilizem várias vezes.

5 – Separar a roupa suja: pratica desporto ou qualquer outra atividade que implica o transporte de roupa suja? Reutilize sacos de plástico para este efeito. O mesmo saco poderá ser usado vezes sem conta para separar a roupa suja do restante conteúdo.

6 – Proteção contra a geada: corte um ou vários sacos de forma a poder usá-los como proteção contra a geada na sua horta ou jardim. Disponha-os por cima dos seus canteiros e diga adeus às plantas queimadas.

Por fim, quando os sacos ficarem degradados e já não tenham a possibilidade de ser reutilizados de nenhuma outra forma, devem sempre ser depositados no ecoponto amarelo para que posteriormente sejam reciclados. Lembre-se que a mudança de comportamentos e do paradigma da “Era do plástico” está nas mãos de todos nós.


Foto por Freepik